Isadora Duncan enxergava na dança uma força educacional e um meio de transformação social. Ela afirmava: "O que eu quero é uma escola de vida, pois a maior riqueza do homem está na sua alma, na sua imaginação. Quando me perguntam sobre o programa pedagógico da minha escola, eu respondo: primeiro, vamos ensinar as crianças a respirar, a vibrar, a se integrarem com a harmonia geral e o movimento da natureza. Primeiro, vamos produzir um belo ser humano.

Uma criança dançante. Sua dança era revolucionária, pois ela expressava o amor em seus movimentos. O amor pela natureza, pela música, pela arte, pela vidal E o que é a maior revolução senão amar? Esse livro tem o objetivo de apresentar Isadora Duncan às pequenas dançarinas, essa grande personalidade que tanto nos inspira na busca de uma dança mais fluida, respeitosa, harmoniosa e atrelada aos ciclos da natureza.

As amigas dos pés descalços

R$35.00Preço